COMENTÁRIO ECONÔMICO ABORDA TAXA DE INFLAÇÃOE A RECEITA DO SETOR DE SEGUROS

0
49

Na edição de abril, o Comentário Econômico, programa da GRTV, canal voltado para o gerenciamento de riscos, trouxe um gráfico sobre a subida da taxa de inflação em um comentário sobre a receita do setor de seguros. Apresentado pelo jornalista especializado em seguros, Paulo Alexandre, o programa tem como comentarista o Consultor Econômico, Francisco Galiza.

“Eu preparei no gráfico que mostra as previsões que o mercado financeiro tinha para a inflação (IPCA) de 2021, mês a mês. A projeção estava em torno de 3,5%, só que ela subiu e já está acima de 4,5%”, disse o consultor. Vale lembrar que no ano passado a inflação do IGPM foi acima de 20%. Depois de seis anos o Banco Central aumentou a taxa de juros, passando de 2% para 2,75% ao ano. Um sinal de que existe uma preocupação com essa subida inflacionária.

Galiza preparou também uma tabela sobre a receita do setor de seguros até o mês de fevereiro, na qual é possível verificar o valor acumulado até 2020 e 2021 – receita de pessoas (sem VGBL), receita de ramos elementares e a receita do setor de seguros. Nesses dois primeiros meses a receita de ramos elementares subiu 14%, em relação ao mesmo período anterior, e a de pessoas aumentou 6%, totalizando uma variação de 11%.

“É um valor bom, mas é preciso levar em consideração que a base do ano anterior foi mais baixa, vimos uma variação maior, e também tem um efeito inflacionário”, ponderou. Apesar das observações, o consultor se mostra positivo em relação ao setor, tendo em vista que a receita do mercado de seguros está subindo entre um patamar de 10 a 15% nos ramos elementares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui